terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Case Clube do Samba

Toda estratégia bem sucedida, deveria ser compartilhada. Que não se pense como forma de entregar o segredo de bandeja, mas apresente como forma de case, de estudo e de demonstração que com uma boa análise de público, com simples diferenciais podemos conseguir efeitos no mínimo diferentes.

O Clube do Samba, como não poderia deixar de ser, começou como um brincadeira, um grupo de amigos, ex-integrantes de uma banda relativamente conhecida e bem relacionada em todo o estado, resolve se reunir para relembrar os bons tempos. Brincadeira, só se for no começo. Hoje o Clube é trabalho e quero compartilhar esse case.


Criação de Marca

Criação: John Dias

Criamos uma festa, exclusiva para convidados, o primeiro ponto. Aracaju é uma cidade que ainda vive nos tempos de coronelismo, da necessidade das pessoas de destacar sua aceitação em determinados grupos, principalmente se este indicar um alto grau de status. Observamos isso desde a exaltação do uso de marcas, de carros, relógios, como demonstrativo de poder, até a exaltação do, ‘’eu sou vip’’, ‘’eu tenho convite’’, ‘’eu fui convidado’’. Essa é a principal estratégia. Quer estimular o desejo das pessoas? selecione os grupos, espalhe que os convites acabaram, eleve sua marca, pois ela é exclusiva, crie a necessidade no público de mostrar que foram selecionados.

Essa exclusividade pode ser observada a partir da concepção da marca. Um brasão: “A idéia de um brasão com seus ornamentos e símbolos sempre nos lembra títulos de nobreza, castelos medievais, palácios, pompa ou tradição.” Atrelamos um conceito simples, o do samba, como sendo um estilo musical popular mas que hoje atinge todas as classes sociais com a idéia de grandeza, de majestade, de luxo, representado pelo brasão, com destaque para o ícone da coroa presente na assinatura da marca.

Comunicação Visual


Desenvolvemos a comunicação visual da festa focalizando num caráter irônico, sarcástico, que remetesse a sensualidade, nunca deixando de lado a exclusividade. A idéia de que o Clube é o melhor lugar do mundo e você deve se sentir bem por poder estar nele, fico obvia, fica clara.





Redação: Valtércio Paixão e Álvaro
Direção de Arte: Igor Freitas

Estratégia de propagação de marca

Isopor de latinha e adesivos e carro são distribuidos em toda edição do clube. Isso cria uma fidelização dos frequentadores da festa. O isopor é usado em outros eventos, ele acaba sendo preservado e propagando a marca. Hoje, cerca de 150 veículos circulam na cidade de Aracaju com o adesivo do Clube do Samba, como sempre, identificando um grupo, e fazendo com que as pessoas sintam isso. Isso fideliza nossa marca, agrega valor ao conceito de alto padrão adotado pelo evento.

Campanhas

As mídias adotadas pelas campanhas de cada edição são simples e direcionadas: Orkut e MSN. Criamos um avatar, que é espalhado e como um viral, acaba se propagando por esses meios. Por quê? Como a festa é exclusiva para convidados, quem é ‘’vip’’ quer mostrar que é. Assim, tanto Orkut quanto MSN acaba sendo tomado pela imagenzinha referente à campanha.




Toda a campanha é restritamente conceitual, não estamos vendendo a festa, estamos vendendo um conceito. Por isso nada de divulgar local, horário, atrações, nada disso importa, o importante é que você faz parte desse seleto grupo.



Redação: Erick Mendonça
Direção de Arte: Igor Freitas e Alex Souza


O resultado


21/1/2009 16:30
Clube de Verão

Os amigos da banda Gatchenhos do Samba já tem uma baladinha certa para o próximo dia 30. É que a trupe vai promover o Clube de Verão, na Atalaia Nova, com direito a muito samba, gente bonita e cerveja gelada. Mas tem um porém: só pra convidados, por isso se você é um dos vips não perca.
(fonte:
http://www.cinform.com.br/olhovivo/noticias.asp?pagina=43)


30/1/2009 12:12
Sambinha

Hoje, 31, rola o Clube do Samba lá na Atalaia Nova. Só pra vips a baladinha promete bombar com a banda Gatchenhos do Samba, gente bonita e cerveja geleada. Vai perder?
(fonte:
http://www.cinform.com.br/olhovivo/noticias.asp?pagina=34)


1/2/2009 13:09
Clube do Samba


O Clube do Samba na última sexta, 30, bombou. Lotado de gente bonita e alto astral, a banda Gatchenhos do Samba agitou todos os presentes e a dupla sertaneja Luis Fernando & Manuel embalou os casais.
(fonte:
http://www.cinform.com.br/olhovivo/noticias.asp?pagina=32)

CONFRARIA
E por falar em festa, o amigo Bruno Oliveira, criativo publicitário do staff da agência Base, organizou um movimento com um grupo de amigos para se reunirem periodicamente com o objetivo de ouvir uma boa música e beberem juntos. Trata-se do Clube do Samba, um encontro só para convidados. A última edição do encontro foi batizada de Clube de Verão... e bombou de gente bonita! Como diz o meu amigo Hudson Mauad: Para poucos e bons!
(fonte: http://www.meiodarua.com.br/ler.asp?id=136&titulo=noticias)

Produção Caixas Arthur Bispo





Procurei uma postagem diferente, uma postagem que mostrasse exatamente o processo de produção das simples caixas citadas anteriormente, produzimos uma para aprovação, enfim, aprovadissimo. Ufa? Não, a pior parte, gerênciar a produção de 350 unidades da nossa amada caixa.
Pelas imagens podemos perceber a dificuldade e o demasiado tempo para a produção dessa quantidade. Como de costume, não posso deixar de agradecer ao meu fornecedor, Lícia Violeta, que topou esse desafio.

Arthur Bispo





Estou eu, sentado na minha humilde cadeira, em mais um dia corrido na agência, eis que recebo o chamado do meu amigo Fábio...já sei, problema. Temos que transformar uma simples caixa de porta bijouteria, comprada ali, numa loja de departamento da cidade, em algo que faça referência a concepção artistica do tal do Arthur Bispo.
-
"Arthur Bispo do Rosario era esquizofrênico paranóide, nasceu no ano de 1911, no estado de Sergipe e viveu internado 50 anos em um hospital psiquiátrico (Colônia Juliano Moreira – Rio de Janeiro). Em seu surto, recebeu a missão de recriar o universo para apresentar a Deus no dia do Juízo Final.
Recolheu objetos dos restos da sociedade de consumo como forma de registrar o cotidiano dos indivíduos, preparou esses objetos com preocupações estéticas, onde percebemos características dos conceitos das vanguardas artísticas e das produções elaboradas a partir de 1960.
Utiliza a palavra como elemento pulsante. Ao recorrer a essa linguagem manipula signos e brinca com a construção de discursos, fragmenta a comunicação em códigos privados. Inserido em um contexto excludente, Bispo dribla as instituições todo tempo. A instituição manicomial se recusando a receber tratamentos médicos e dela retirando subsídios para elaborar sua obra, e Museus, quando sendo marginalizado e excluído é consagrado como referência da Arte Contemporânea brasileira. " ( Fonte:
http://www.urutagua.uem.br//005/12his_faria.htm )
-
Percebeu a complexidade da coisa? Pois é, mas tinhamos um plano, pega o resto do pó do café que ja foi usado, pega uma faca de serrinha, e mãos a obra. Conseguimos passar o aspecto de envelhecimento da peça, do desgaste, da ''feiura'' proposital. Enfim, criou-se uma concepção estética e um caráter conceitual para o que teria que ser uma simples caixa de brinde de fim de ano.
_______________________________
Peça: Brinde de Fim de Ano
Cliente: Secom - Governo de Sergipe
Descrição: Caixa entregue com brindes de fim de ano focada na cocepção do artista sergipano Arthur Bispo do Rosário
Atendimento: Fábio Vivas / Criação: Ricardo Cardoso e Cláudio Rabelo / Finalização: Igor Freitas (Zazia) e Diogo Silva / Produção: Bruno Oliveira / Fornecedores: Gráfica Moura Ramos, FacForm, Polikromia e Lícia Violeta.
.
Aracaju, setembro de 2008

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Projeto Mídia Jovem









Desde os tempos de criança, sempre convivi muito com ações sociais. Lembro como hoje, minhas inúmeras viagens pelo interior do estado de Sergipe, acompanhando e prestigiando meu pai nos seus projetos pela Fundação Banco do Brasil (Fundec).

Naquele tempo não fazia a mínima ideia da importancia desse tipo de movimento, era aquela coisa chata, discurssos sem fim onde eu não entendia nada, um tal de inauguração de escolas um tal de cortar fita e tirar o pano das placas, muitas delas escrito ''Colégia Estadual Francisco José de Oliveira".

Hoje percebo a importancia desse tipo de atividade, e tive como exemplo o projeto Mídia Jovem. São ações voltadas na área de comunicação para jovens carentes espalhados pelo estado de Sergipe. Um projeto embasado pelo governo do estado onde recebi como missão, criar a comunicação visual da inauguração do centro de atividades no minicipio de Brejo Grande, alto sertão sergipano.

Na minha chegada a distante e infelizmente miserável cidadezinha, percebi que no meio de jornalistas, fotógrafos, era o único representante da classe publicitária. Assim, fui designado a explanar sobre a profissão, a importancia para a evolução do censo crítico daquelas crianças e ressaltar como elas deveriam criar um olhar mais técnico depois que participassem das oficinas de rádio, internet, fotografia e mídia impressa.

_____________________________________


Tipo: Base Propaganda
Peça: Kit de Captação, comunicação visual, envelopamento de veículo.
Cliente: Secom - Governo de Sergipe
Descrição: Projeto Mídia Jovem
Atendimento: Fábio Vivas / Criação: Valtercio Paixão e John Dias / Finalização: Igor Freitas (Zazia) / Mídia: Suelle Ximenes / Produção: Bruno Oliveira
.
Aracaju, setembro de 2008

Natal Riomar 2008

video





Peça: Comunicação Visual de ponto de venda (escada, display, vitrine), ad jornal e cartaz de mall
Cliente: Shopping Riomar
Descrição: Campanha promocional de natal
Atendimento: Thiago Melo / Criação: Valtercio Paixão e Claúdio Rabelo / Finalização: Igor Freitas (Zazia) / Mídia: Léo Roeder / Produção: Bruno Oliveira / Fotografia: Aluizio Accioly / Produtora: Brasil Filmes e Art tec
.
Aracaju, dezembro de 2008

Prime House Laredo




video

video

video

video

Tipo: Base Propaganda
Peça: Outdoor, vt30" e suas variações
Cliente: Laredo
Descrição: Campanha lançamento Prime House
Atendimento: Thiago Melo e Kamilla Alvarenga / Criação: Valtercio Paixão e Claúdio Rabelo / Finalização: Igor Freitas (Zazia) e Diogo Silva / Mídia: Léo Roeder / Produção: Bruno Oliveira / Fotografia: Aluizio Accioly / Produtora: Uranus2 e Brasil Filmes
.
Aracaju, novembro de 2008

Bravvo

video





Campanha de lançamento da marca masculina Bravvo. Campanha ousada e conceitual. Além do trabalho com as placas duplas verticais de outdoor, desenvolvemos um midia alternativa, o adesivo de espelho.

A única loja da marca está localizada no principal centro comercial de Aracaju, o Shopping Riomar, que por um periodo de 30 dias, veiculamos a marca e seu conceito nos espelhos dos banheiros do shopping, essa ação hoje já é utilizada pelo setor de marketing do Riomar como mais um apelo comercial no seu ambiente.

_________________________________________________

Tipo: Base Propaganda
Peça: Aplicação adesivo de espelho e outdoor duplo vertical
Cliente: Bravvo
Descrição: Campanha de lançamento de marca
Atendimento: Fábio Vivas / Criação: Valtercio Paixão e Claúdio Rabelo / Finalização: Igor Freitas (Zazia) / Mídia: Léo Roeder / Produção: Bruno Oliveira / Fotografia: Aluizio Accioly / Produtora: Art Tec e Uranus2 / Exibidora: Aracaju Outdoor, Multiespaço Outdoor e Superlux
.
Aracaju, dezembro de 2008

Banners Gralha Azul



Peça: Banners
Cliente: Gralha Azul
Descrição: Comunicação externa para os três tipos de serviço do restaurante
Atendimento: Camila Duarte / Criação: Valtercio Paixão e John Dias / Finalização: Igor Freitas (Zazia) / Produção: Bruno Oliveira / Fotografia: Produção própria / Produtora: Art Tec
.
Aracaju, fevereiro de 2009